• Isimples patrocina Projeto Garrafinha na Fundação de Saúde de Samonte

    O projeto, desenvolvido na área de espera, foi idealizado pela educadora física Gracielle Luiza e da enfermeira Giselle Pinto Silveira.

    A Isimples Telecom patrocinou no mês de abril uma iniciativa pontual para a preservação da saúde e do meio ambiente. O Projeto Garrafinha, tem como principal objetivo incentivar e aumentar o consumo hídrico dos usuários do CEAE -Centro Estadual de Atenção Especializada/Fundação Dr. José Maria dos Mares Guia de Santo Antônio do Monte. A utilização deste recipiente ocasionará consequentemente, a redução do número de copos descartáveis.

    Todos sabemos que a água é um dos elementos mais importantes do nosso organismo, pois o corpo humano é composto cerca de 70% de água, quantidade que precisa ser ingerida de acordo com cada organismo e atividades exercidas. Os benefícios da água são indiscutíveis: participa ativamente dos processos digestório, respiratório, cardiovascular e renal, ajuda na manutenção da massa muscular, ajuda eliminar as toxinas do organismo; hidrata pele, cabelo e unhas deixando com uma aspecto mais saudáveis.

    O projeto, que entregará a cada usuário uma garrafinha de 500 ml na área de espera, foi idealizado pela educadora física Gracielle Luiza e da enfermeira Giselle Pinto Silveira. Elas contam também com o apoio de todos os profissionais do CEAE.

    A Fundação de Saúde é referência para 456.000 habitantes da região de saúde Divinópolis/Santo Antônio do Monte, atendendo usuários dos seguintes municípios: Arcos, Araújos, Carmo do Cajuru, Claudio, Divinópolis, Itapecerica, Lagoa da Prata, Japaraíba, Pedra do Indaiá, Perdigão, Santo Antônio do Monte, São Sebastião do Oeste e São Gonçalo do Pará. A estimativa é de que a implantação do projeto aumente o consumo de água pelos usuários, em ao menos 40%.

    Além de cumprir o objetivo maior da melhoria da saúde das pessoas com condições crônicas, outro objetivo do projeto é reduzir o impacto do consumo de copos descartáveis, já que devemos ser sensíveis e conscientes com as questões ambientais. Em média, 300 pessoas passam pelo CEAE diariamente e, se cada um consumir um copo por dia, teremos em uma semana 1500 copos, em um mês 6.000 copos, em um ano 72.000 copos. O tempo médio para decomposição de um único copinho na natureza é de 250 a 400 anos.

    O Centro Estadual de Atenção Especializada – CEAE/ Fundação Dr.José Maria dos Mares Guia agradece a parceria da rede de comunicação ISIMPLES TELECOM pela incentivo e promoção à saúde, assim como pela fomento a preservação ambiental.

    Sobre o autor:
    Patricia Borges
    Patricia Borges

    Editora e proprietária da Revista Ágora. Estudou Gestão da Comunicação Integrada/Publicidade e Propaganda na instituição de ensino PUC Minas Arcos. Alguém que acredita que mais importantes que as repostas, são as perguntas que a gente faz.

Tutores Hicks Aretesanais Sorrir Planta e La Griffe